7 de outubro de 2009

Canção da Primavera ... © Mário Quintana



Primavera cruza o rio
Cruza o sonho que tu sonhas.
Na cidade adormecida
Primavera vem chegando.

Catavento enlouqueceu,
Ficou girando, girando.
Em torno do catavento
Dancemos todos em bando.

Dancemos todos, dancemos,
Amadas, Mortos, Amigos,
Dancemos todos até

Não mais saber-se o motivo...
Até que as paineiras tenham
Por sobre os muros floridos!


Poema de Mário Quintana para Érico Veríssimo



Conheça a vida e obra de Mário Quintana

4 comentários:

LER MAIS E MELHOR disse...

Que lindo!
Obrigada!

EternaApaixonada disse...

Deixo a imagem que acabei de formatar com as duas estações no mundo:

http://i485.photobucket.com/albums/rr220/dreams2008_fantasy/OUTUBRO2009/hoje_no_mundo.jpg

Grande abraço.

Véu de Maya disse...

Alto o poema de Mário Quintana,como a lua, embora nos pareça próxima...vale a pena
senti-los em todos os seus recantos e reflexos...a imagem é lindíssima...obviamente que os estudantes de literatura, e porque não os de ciências, tem todo o interesse em consultar, este lindo blogue da Escola...
saudação poética.

LER MAIS E MELHOR disse...

Obrigada, Véu de Maya!
Temos desenvolvido a Leitura e isso é bom, porque também vai acontecendo a escrita...